23/06/2022 - 13:00

Presidente da FrecoopTRC pede cumprimento do piso mínimo do frete

Atendendo demandas do setor, deputado federal Herculano Passos enviou solicitações à ANP e ANTT. Parlamentar pediu também a liberação de mais um tanque nos pontos de abastecimento.

Em busca de soluções para atender aos pleitos dos caminhoneiros cooperados, o Deputado Federal Herculano Passos (Republicanos-SP) protocolou, nesta quinta-feira, 23, junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) solicitação de atualização da tabela com o novo piso mínimo de frete. O objetivo é garantir o cumprimento da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, que passou a vigorar com força de lei no mês passado. Ela determina que, sempre que ocorrer oscilação no preço do óleo diesel no mercado nacional, nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela ANTT, considerando a variação no preço do combustível.

Presidente da Frente Parlamentar das Cooperativas de Transporte Rodoviário de Cargas, Deputado Federal Herculano Passos

“Lançamos a Frente há algumas semanas e já nos movimentamos para buscar alternativas para solucionar as demandas desses trabalhadores, que são fundamentais para o desenvolvimento do nosso imenso país. São pleitos justos de quem vive pelas estradas e rodovias de Norte a Sul e que precisam de atenção especial do poder público. Ajudar os caminhoneiros cooperados é fortalecer o Brasil”, afirmou Herculano Passos.

O parlamentar, que preside a Frente Parlamentar Mista das Cooperativas de Transporte Rodoviário de Cargas (FreCoopTRC), protocolou outra solicitação na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Ele pede a alteração da resolução nº 12/2007 da ANP, para que as cooperativas do setor sejam autorizadas a ter em seus pontos de abastecimento dois reservatórios de combustível de 15 mil litros. Um com diesel S500, para abastecer os modelos de caminhões antigos, e outro com diesel S10, para os seminovos e novos.

Atualmente, nos pontos de abastecimento das Cooperativas do TRC, só é permitida a instalação de um tanque de 15 mil litros.

Pela Resolução, nos pontos de abastecimento onde o tanque é de até 15 mil litros, as instalações de armazenamento de combustível não precisam ser aéreas ou enterradas. Esse é o caso das Cooperativas do TRC. A proposta do Deputado Herculano é que elas possam ter dois tanques, seguindo essa mesma regra.

“Os caminhoneiros cooperados podem estar certos de que têm voz no Parlamento por meio da nossa Frente. Estamos atentos aos assuntos que impactam o setor e, com certeza, com muito compromisso e responsabilidade, teremos êxitos no nosso trabalho”, concluiu o deputado Herculano Passos.