28/11/2018 - 21:59

Frente do Turismo indica novo ministro do governo Bolsonaro

Bancada é presidida pelo deputado federal Herculano Passos (MDB-SP)  

Além de conseguir convencer a equipe de governo do presidente eleito Jair Bolsonaro a não fundir o Ministério do Turismo com outras pastas, a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, presidida pelo deputado federal Herculano Passos (MDB-SP), foi responsável pela indicação do futuro comandante da pasta. O deputado Federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) será o ministro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 28, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde funciona o gabinete de transição.

Frente do Turismo indica novo ministro do governo Bolsonaro

Até poucos dias atrás, divulgava-se que o Turismo faria parte do “superministério” da Integração, que abrangeria também a pasta das Cidades. “A economia do país poderia ser muito prejudicada, porque correríamos o risco de ter retrocessos ou estagnação de programas e projetos em andamento. A preocupação de quem comandasse um ministério como esse, certamente, seria mais voltada para o Programa Minha Casa Minha Vida, que hoje está nas Cidades, e não para o turismo. Fico muito feliz que o presidente Bolsonaro tenha tido essa visão de Estado e mantido o Ministério do Turismo”, comemorou Herculano.

O setor é responsável por um em cada cinco empregos gerados no mundo e é responsável por 10,4% do PIB mundial. Desde a criação do Ministério do Turismo, segundo dados do próprio órgão, o setor registrou um salto na movimentação econômica de US$ 24,3 bilhões, em 2003, para US$ 163 bilhões, em 2017. No mesmo período, o número de visitantes estrangeiros no Brasil subiu de 4,13 milhões anuais, para os atuais 6,6 milhões, com perspectiva de alcançar ao final deste ano a histórica marca de sete milhões de visitantes. O número de viagens domésticas também cresceu, passando de 138,7 milhões para mais de 200 milhões atualmente.